Canal do Poder

Home /

Notícias

Dengue: Chapecó será blindado contra o mosquito

Sexta-feira, 4 de dezembro de 2015, 12h47min

Um inverno atípico com pouco frio, muita chuva, mais parecendo uma primavera antecipada. O fato é que este inverno se mostrou mais aliado dos mosquitos do que da população e das administrações municipais que não pouparam esforços na erradicação de possíveis criadouros.

Nesta sexta-feira, a secretária de Saúde Cleidenara Weirich reuniu a imprensa nesta sexta-feira pela manhã para fazer um balanço das ações desenvolvidas pelas secretária e reforço o alerta para os cuidados na prevenção à Dengue. Participaram técnicos e profissionais da área, o Vice-prefeito Luciano Buligon e o presidente da Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreria, Severino Teixeira da Silva Filho.

Diante dos constantes registros de chuvas aliado a proximidade das altas temperaturas de verão a Prefeitura por meio da Secretaria de Saúde com apoio da Vigilância Ambiental, está desenvolvendo um verdadeiro plano de guerra para blindar o município contra Aegyptiaegypti e albopictus (vetor da Dengue) e Albopictus (vetor da Chikungunya). Ambos também são vetores da Febre Zika.

A ordem é reduzir a qualquer preço a possibilidade de proliferação do mosquito e incidência de algumas das três doenças no município. Com este intuito diariamente,  durante praticamente todo o ano de 2015 as equipes da Vigilância Ambiental visitam residências, cobrem caixas de água, recolhem pneus, além de verificar os pontos estratégicos.

Este trabalho tem como finalidade a coleta, eliminação e tratamento de possíveis criadouros de larvas do mosquito da dengue.

Um dos reforços neste trabalho foi registrado no mês de maio com a utilização de um drone, objeto voador não tripulado, que pode sobrevoar áreas e imóveis que os agentes não têm acesso e colher informações sobre possíveis criadouros. 

A secretária de Saúde de Chapecó, Cleidenara Weirich, afirma que com a utilização desta tecnologia esta foi possível identificar com eficiência e rapidez os criadouros das duas espécies do Aeds. Com o objetivo de levar informações e orientações aos chapecoenses com maior agilidade também esta sendo utilizado o aplicativo WhatsApp.

Cleidenara alerta, ao fato que a população também deve entrar nesta luta, não mantendo água parada dentro e fora das residências, além de eliminar recipientes com água. Também não deixando acumular lixo e mantendo as caixas de água e cisternas bem fechadas.

O secretário de Desenvolvimento Urbano, Wilson Lobo de Carvalho, reforçou a necessidade da limpeza dos lotes urbanos, mas especialmente a manutenção da limpeza.