Canal do Poder

Home /

Notícias

Ministro do Trabalho prestigia, em Chapecó, fundação de CSB de Santa Catarina

Sexta-feira, 11 de setembro de 2015, 11h51min

 O  ministro  do  Trabalho  e  Emprego  Manoel  Dias  estará  em Chapecó neste  sábado (12)  para  instalar  o  “braço”  catarinense da  Central  dos  SindicatosBrasileiros - CSB. A plenária de fundação inicia às 10 horas no Restaurante Barriga Verde. Opresidente nacional da central Antonio Neto e lideranças sindicais de todo o Estado estarão em Chapecó para o ato.

O encontro regional da CSB em Santa Catarina vai analisar as conjunturas nacional e estadual,discutir as principais lutas do Brasil  e debater a consolidação das ações da central. O vice presidente nacional da instituição, sindicalista Chapecoense Oneide de Paula (Neidão), deve assumir a presidência da CSB catarinense.

Em Santa Catarina a central  possui filiados 35sindicatos e duas federações. Neidão, presidente do sindicato local e da federação catarinensedos trabalhadores na movimentação de mercadorias, já projeta vigorosa ação de fortalecimento da organização. Disse que pretende chegar a 60 filiados até o final do ano, com as primeiras adesões sendo oficializadas já no encontro deste sábado.

Com menos de quatro anos após sua reorganização ao final de 2011 e com sede em Brasília, aCSB tem 524 sindicatos e 24 federações filiados. Em todo o país o conjunto representa mais de 800 mil  trabalhadores  das  mais  variadas  categorias  profissionais.  Até  dezembro  a  meta  éfechar  600  sindicatos  sócios  para  superar  a  casa  de  um  milhão  de  trabalhadoresrepresentado

Amplitude

A CSB atua na defesa de interesses sindicais, sociais e políticos das entidades fliadas, dos trabalhadores profissionais liberais, autônomos e diferenciados. Cumpre o mesmopapel junto aos trabalhadores em geral, públicos ou privados, urbanos e rurais, ativos, inativose aposentados.

Desenvolve ação unitária e coordenada, comprometida com o bem comum, aprevalência dos interesses coletivos sobre os individuais e a promoção da justiça e da pazsocial.A CSB foi fundada em 2008 e após frustrada tentativa de fusão com outra central, passou a serreorganizada em 2011 para construir uma nova alternativa de organização dos trabalhadores brasileiros. 

Deveria  (e  assim  o  faz)  atender  os  princípios  da  unicidade  sindical,  donacionalismo,  contrária  a  partidarização  do  movimento  sindical  e  pelo  fortalecimento  dos sindicatos. Após sua reestruturação a CSB, instituição combativa, plural, ativa e moderna, estáem pleno processo de construção e sendo organizada em todos os estados brasileiros.

Antes  da plenária  a  agenda do ministro  Manoel  Dias  marca visita  às  instalações da Cruz Vermelha Brasileira - filial Chapecó, também presidida por Oneide de Paula.