Canal do Poder

Home /

Notícias

Suplente de deputado Daniel Tozzo é preso no caso do leite adulterado

Segunda-feira, 20 de outubro de 2014, 15h47min

O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) de Chapecó (SC) deflagrou na manhã desta segunda-feira (20/10) a terceira operação para combate a crimes de adulteração do leite para consumo humano. A operação recebe o nome de "Leite Adulterado III", em face de continuidade de investigações das Operações "Leite Adulterado I e II", realizadas em 19 de agosto. inclusive o ex-deputado estadual, empresário Daniel Tozzo, que foi levado para o presídio regional de Chapecó. A última prisão foi agora à pouco em Iraí-RS. Transportadores, inclusive de Coronel Freitas, adulteravam o leite já no caminhão.

Estão sendo cumpridos 16 mandados de prisões, sendo 11 homens e 5 mulheres, além do cumprimento de 21 mandados de buscas e apreensões em unidades industriais, residências e propriedades rurais de seis cidades do Oeste e Meio-Oeste de Santa Catarina e uma do Rio Grande do Sul. As ordens judiciais foram autorizadas pelo Juiz de Direito da Comarca de Quilombo (SC) e estão envolvidas empresas localizadas nos municípios catarinenses de Cordilheira Alta, Coronel Freitas, Novo Horizonte, São Bernardino, Santa Terezinha do Progresso e Formosa do Sul e em Iraí no Rio Grande do Sul.