Canal do Poder

Home /

Notícias

PMDB, um partido coadjuvante

Sábado, 18 de outubro de 2014, 18h31min

Desconheço um partido mais oportunista do que o PMDB. Em todo país, parte dele está com Dilma, outra com Aécio, inclusive aqui no estado. Qualquer um que vencer, ele estará fazendo parte do governo. Só que tem um detalhe, por agir dessa forma, há décadas não consegue seguir carreira solo, fazem alguns longos anos que é coadjuvante no processo eleitoral. Por ser o maior partido do Brasil, poderia estar melhor no cenário político brasileiro, situado com mais governadores, mais prefeitos e quem sabe um presidente da república. Assim como o PT, o PMDB precisa ficar fora do governo federal, para poder se reciclar e delinear uma nova dinâmica para a sigla. Não passa de um partido rastejante que vive correndo atrás de cargos e espaços nas três esferas do governo. Que pena!