Canal do Poder

Home /

Notícias

Comissão de Educação da Alesc fará 18 seminários para discutir planos municipais e estaduais de educação

Quarta-feira, 10 de junho de 2015, 9h22min

No decorrer do ano, a Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Assembleia Legislativa de Santa Catarina estará presente em todas as regiões do estado para discutir a elaboração e implementação dos planos municipais e estadual de educação, por meio dos Seminários de Educação. A proposta é da vice-presidente da Comissão, deputada Luciane Carminatti, e do presidente Valdir Cobalchini, e contará com o apoio da Câmara dos Deputados, em nome do deputado federal Pedro Uczai, e do Governo do Estado.


 De acordo com a parlamentar, os Seminários terão como objetivo reunir professores e gestores para discutir o futuro da educação na próxima década, com base nas metas do Plano Nacional de Educação (Lei 13.005/20014). "Muitos municípios já elaboraram seus planos, mas temos ainda o desafio de aprovar uma proposta estadual que contemple a nossa realidade. Por isso, é fundamental envolver todos os profissionais nesse debate que definirá prioridades dos investimentos e das ações dos governos e comunidade escolar para a próxima década", destaca Luciane.


Além dos planos, será discutido o financiamento da educação para a próxima década. "Os profissionais da educação terão a liberdade de escolher se querem trabalhar o ensino infantil, a educação integral ou do campo, ou seja, vamos por em discussão  assuntos peculiares para cada região, com convidados especialistas nos assuntos para uma análise mais consistente e melhores resultados em cada Seminário. Será também um momento de estudo e formação aos professores que estão em sala de aula", explica a deputada.


Municípios confirmados


Estão confirmados 18 encontros, nos seguintes municípios: São Miguel do Oeste, São Lourenço do Oeste, Xanxerê, Pinhalzinho, Chapecó, Concórdia, Joaçaba, Caçador, Curitibanos, Lages, Blumenau, Itajaí, Joinville, Rio do Sul, Canoinhas, Criciúma, Tubarão e Florianópolis. Essas cidades receberão professores e gestores dos municípios vizinhos para debater os principais temas da educação, em datas a serem definidas e divulgadas pela Comissão.