Canal do Poder

Home /

Notícias

Deputado Mário defende permanência de Cohab e Codesc

Sexta-feira, 18 de novembro de 2016, 11h47min

O deputado Mário Marcondes está analisando os projetos, enviados pelo governo do Estado, para extinguir a Cohab, a Codesc e a Bescor. Mas já tem posição firmada. Não vai votar a favor por entender que a Companhia de Habitação e a Companhia de Desenvolvimento de Santa Catarina devem continuar existindo e atuando. 

 A Cohab, por exemplo,  poderia assumir administração do Programa Lar Legal,  que foi terceirizado é alvo de investigações acerca de gravíssimas irregularidades. 

“Além do custo para a regularização das propriedades de pessoas humildes,  R$ 900,00 em média,  há investigações sobre fraudes no programa (muita gente pagou e não recebeu o título de posse).

A Cohab poderia fazer esse trabalho a um custo três vezes menor. Nenhum outro setor do governo de Santa Catarina tem estrutura para isso,” argumenta o parlamentar, salientando que o público alvo do Lar Legal são pessoas carentes.

A empresa também poderia assumir a gestão de programas federais, como o Minha Casa Minha Vida, no Estado.

BINGOS

O mesmo raciocínio vale para a Codesc. Está em curso e a passo acelerado  a regularização dos cassinos e outros jogos de azar no país.  “A Codesc deveria administrar e regulamentar a atividade em SC.

Sem ela,  a iniciativa privada tende a lucrar ainda mais. Não sou contra o lucro,  desde que o Estado,  a sociedade,  tenham a devida contrapartida.  Nestes dois casos,  estamos indo na contramão,” acrescenta o deputado Mário.