Canal do Poder

Home /

Notícias

Pavan denuncia telefonemas anônimos para prejudicar sua campanha

Quarta-feira, 21 de setembro de 2016, 21h24min

A assessoria jurídica do candidato a prefeito de Balneário Camboriú Leonel Pavan (PSDB) da coligação “Balneário Camboriú Merece Mais”, integrada ainda pelo PP e o PSD, informou que já esta adotando as medidas legais cabíveis para apurar a possível ocorrência de crime eleitoral por parte dos adversários.  

Por meio de telefonemas anônimos ou ligações não identificadas estão sendo feitas ligações em série utilizando cadastro de moradores alegando pesquisa eleitoral, mas acabam informando que, se eleito, Leonel Pavan renunciará ao cargo de prefeito em dois anos para concorrer ao governo do Estado. 

 “Isso é divulgar inverdades. A prática, se comprovada, é crime previsto na legislação eleitoral. Já estamos providenciando boletim de ocorrência e tomaremos todas as medidas legais cabíveis”, afirmou o advogado Fabiano Batista da Silva.

Já o candidato Leonel Pavan também manifestou seu repúdio ao que considera “uma atitude antidemocrática e política rasteira” que os seus adversários estariam adotando na reta final de campanha.

 “Quero afirmar categoricamente que isso é mentira. É mais uma artimanha de meus adversários que estão desesperados com o crescimento de nossa campanha propositiva para Balneário Camboriú”, declarou

“Mentiras com essa servem para confundir o eleitor e tumultuar o processo eleitoral”, completou Pavan, acrescentando ainda que o eleitor não deve se deixar enganar e que irá tomar todas as medidas necessárias para apurar os fatos e punir os culpados.

“Vamos continuar até o fim com a nossa campanha baseada em propostas e sem agredir os adversários. A cidade não merece esse tipo de comportamento”.