Canal do Poder

Home /

Notícias

STF decide que Moro fica com inquéritos contra Lula

Quinta-feira, 8 de setembro de 2016, 21h57min

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, considerou o pedido para suspender os processos a que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva responde na Justiça de Curitiba e concentrar tudo no STF uma “insistência” de Lula em dar às investigações contornos de ilegalidade.

Teori, que é o relator da Lava Jato na Suprema Corte, entendeu que a reclamação é mais uma das “diversas tentativas da defesa de embaraçar as apurações”.

O pedido para tirar da Justiça do Paraná as investigações foi feito com o argumento de que Lula já responde pelos mesmos motivos no STF e que “não é possível outras investigações a respeito dos mesmíssimos fatos”.

Em nota, a defesa de Lula alegou que o ex-presidente, como qualquer cidadão, tem o direito de usar dos instrumentos legais para impugnar decisões judiciais que representem “perseguição pessoal e política”.

A defesa reafirma, ainda, que Lula é vítima de diversas ilegalidades por parte do juiz federal Sérgio Moro e lembrou que o próprio STF já reconheceu algumas delas anteriormente, como no caso das gravações de conversas telefônicas do ex-presidente.

Lula responde a inquéritos na Justiça do Paraná por recebimento de vantagens indevidas,  vindas de empreiteiras por meio da reforma de um sítio em Atibaia, no interior de São Paulo. Além da aquisição de um apartamento no Guarujá no litoral paulista, e do pagamento de palestras.