Canal do Poder

Home /

Notícias

“Atrasômetro”: deputada Luciane cria placar para questionar lentidão no processo contra Eduardo Cunha

Quarta-feira, 4 de maio de 2016, 18h16min

A deputada Luciane Carminatti (PT) estreou nesta semana o “atrasômetro”: um placar diário que mostra há quanto tempo tramita o processo contra o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) no Conselho de Ética da Câmara. Nesta quarta-feira, o processo chegou ao seu 184º dia, tornando-se o mais longo da história do país.


Cunha é réu no STF por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, e ganhou fama pelas manobras feitas em seu favorecimento e contra o PT. Possui contas confirmadas no exterior, usou os nomes de parentes para realizar operações ilícitas e tem empresas de fachada para esconder o próprio patrimônio – como um Porsche Cayenne 2013 de R$ 420 mil e mais sete veículos em nome do site Jesus.com.

Na última terça, a deputada Luciane levou o placar até o plenário da Alesc, onde disparou contra o presidente da Câmara Federal:

— Já é o processo mais longo que passou pela Casa, e não há  sinal de que sairá do lugar. Queremos que todos sejam julgados de acordo com a lei. Não defendo proteção nenhuma, para ninguém, mas sim a punição para todos aqueles que tenham cometido atos ilícitos – afirmou a parlamentar.

Segundo Luciane, o atrasômetro continuará sendo atualizado diariamente até o processo contra Cunha seja destrancado na Comissão de Ética. O cartaz também deve ser exibido na Alesc e acompanhar a deputada em outros compromissos.

— Está cada vez mais evidente que todo o movimento pelo impeachment contra Dilma resultará, antes de nada, em um grande  acordo para salvar a pele de Eduardo Cunha – lamenta Luciane.