Canal do Poder

Home /

Notícias

Dengue: Ceim mobilizado contra o mosquito

Segunda-feira, 21 de março de 2016, 23h19min

Combater as larvas do mosquito Aedes aegypti, vetor das seguintes doenças: Dengue, febre Chikungunya e Zica é uma tarefa simples, mas acaba caindo no descaso segundo a prefeitura de Chapecó.

Mas, por incrível que pareça estas ações simples acabam caindo no descaso, o que tem refletido na incidência mundial de pessoas com estas três doenças.

Com o objetivo de mudar este panorama no município de Chapecó, as 83 instituições que integram a rede pública municipal de ensino estão realizando uma série de ações de prevenção e combate ao mosquito.

A Secretária de Educação, professora Maria de Lurdes Seben, afirma que diante do atual panorama mundial, a educação não pode deixar de cumprir seu papel primordial no processo de construção da cidadania.

“As orientações dos professores em sala de aula trazem grandes resultados para a sociedade. Os conhecimentos assimilados pelos alunos em sala são repassados aos seus familiares e em seguida se tornam presentes em suas comunidades” assinala.

Dentro deste trabalho o Centro de Educação Infantil Leãozinho vem desde o começo do mês de março realizando uma série de atividades voltadas à prevenção e eliminação dos possíveis criadouros do mosquito.

Na última sexta-feira (18), todos os alunos do Ceim, desenvolveram ações como: Bolada no mosquito, teatro de palitos e entrega de panfletos às famílias.

Conforme a professora dos alunos do pré-escolar Rose Dias, foi desenvolvido um trabalho voltado à conscientização das crianças com relação aos riscos do mosquito Aedes aegypti com uma metodologia lúdica aliada a muita brincadeira.

“Muitos pais já me falaram que os filhos estão chegando em casa e querendo olhar os terrenos em busca de possíveis criadouros de larvas do mosquito, além de falar sobre o livro Sapo Otto. Isto é muito gratificante, pois sentimos que estamos no caminho certo” reforça.

Para a Fernanda de Moraes, mãe de uma estudante na instituição, este é um trabalho de grande valor social. “É muito importante porque ficamos tranquilos ao saber que na escola estão sendo trabalhadas questões que transcendem o espaço escolar.

Fico muito orgulhosa ao perceber minha filha preocupada com a comunidade em que vivemos, sinto que escola esta realmente construindo cidadania” conclui.