Canal do Poder

Home /

Notícias

Governo lança edital e entrega bases móveis da PM

Segunda-feira, 21 de março de 2016, 22h47min

O governador Raimundo Colombo e o secretário da Segurança Pública, César Grubba, lançaram na última sexta-feira (18), o edital de licitação para construção da Central Regional de Emergência (CRE), de Chapecó.Também foram entregues dois veículos para as bases móveis da Polícia Militar.

- Estamos melhorando nosso sistema operacional, assim conseguimos ser ainda mais eficientes e proteger melhor as pessoas. Temos que continuar investindo em tecnologia e equipamentos e modernizando toda a estrutura para podermos atender às demandas que são cada vez mais exigentes na área da segurança pública - disse o governador.

A Central Regional de Emergência será construída no terreno localizado em frente à sede da PM, no Centro da cidade, com recursos do Pacto por Santa Catarina, no valor de R$ 2,4 milhões. O prédio vai abrigar as unidades do Samu, Central de Videomonitoramento e Corpo de Bombeiros Militar.

O prazo de execução será de 18 meses, com data a partir da emissão da ordem de serviço. A CRE vai atender dez municípios: Chapecó, Coronel Freitas, Nova Itaberaba, Planalto Alegre, Caxambu do Sul, Guatambu, Águas Frias, União do Oeste, Jardinópolis e Cordilheira Alta. 

As atuais instalações da CRE Chapecó, ocupam uma antiga sala de aula na sede do 2º Batalhão. A nova central abrigará um centro de operações moderno para até 50 estações de trabalho, salas técnicas de coordenação, CPD integrado, sala de situação, central de videomonitoramento, auditórios e salas de aula.

Bases móveis

As duas bases móveis, ficarão no Bairro Efapi, que tem cerca de 60 mil habitantes. Conforme o comandante do 2º BPM, Vitório Radichewski Junior, o bairro tem uma grande demanda, então as medidas de policiamentos serão intensificados, para dar uma segurança maior para a comunidade.

- Além de oferecer mobilidade e permitir uma área de cobertura mais abrangente, temos uma otimização de efetivo com essas bases móveis. Continuamos com as bases fixas, com toda nossa estrutura normalmente. Só tivemos um acréscimo na qualidade e na distribuição do efetivo - informou o comandante.