Canal do Poder

Home /

Notícias

Dresch cumpre roteiro do PT em municípios com vistas às eleições

Segunda-feira, 7 de março de 2016, 6h42min

O deputado estadual Dirceu Dresch (PT/SC) falou na manhã desta quinta-feira (03) sobre a responsabilidade dos partidos políticos, neste ano eleições, em dialogar com a sociedade, eleger seus representantes e ter projetos para os municípios e para o País.

O deputado, que é coordenador do Grupo de Trabalho Eleitoral (GTE) do Partido dos Trabalhadores, afirma que o PT está fazendo um grande roteiro de atividades estado afora, visando à organização e a preparação para as eleições de 2016.

“Já andamos por boa parte do Estado nos últimos finais de semana. Hoje à noite estaremos em Rio do Sul, amanhã em Concórdia, no sábado em Campos Novos, Joaçaba, Curitibanos e Lages e assim sucessivamente nos próximos finais de semana, até terminar o roteiro”, detalhou o parlamentar que coordena o Grupo de Trabalho Eleitoral da sigla - GTE.

Segundo Dresch, o objetivo destes encontros é levantar desafios e estabelecer o que é preciso para contribuir com a vida das pessoas e melhorar nos municípios, com propostas e candidaturas sérias, honestas, com pessoas que vão lidar com o dinheiro público, com os impostos que a sociedade paga e vão fazer o atendimento à população.

“O município tem papel fundamental na vida das pessoas e o PT está se preparando para dialogar e apresentar candidaturas a prefeito e a vereador em todos os municípios.”

Contra-ataque

Para o deputado, este debate toma proporções ainda maiores neste ano, em que o PT tem a tarefa de, além de apresentar propostas e discutir o desenvolvimento dos municípios com a sociedade, debater o momento de crise política que vive o país.

“Vamos discutir com a sociedade sobre esta tentativa de golpe de setores de judiciário e da grande mídia nacional. Estão querendo destruir o PT, especialmente por tudo o que nós fizemos, porque construímos um país para os trabalhadores e porque não admitem que um torneiro mecânico tenha se transformado numa das maiores lideranças.”

Segundo Dirceu, estes setores querem não só cassar a presidente Dilma, mas também o ex-presidente Lula, com medo que ele se candidate às eleições de 2018 e seja o futuro presidente. “Por causa de um pedalinho, por causa de uma propriedade que já foi declarada de um amigo dele. Não vão encontrar nada, ou vão fabricar notícias como já estão fazendo”, destacou.

Dresch afirmou que o ex-presidente Lula não pode ter um apartamento triplex, justamente comprado, porque um trabalhador jamais pode ter um apartamento bonito.

“Mas isso nos faz ficar mais animados, desde o início da criação do partido sofremos muita discriminação. Vamos continuar a batalha pelo Brasil, pela inclusão social, pela qualidade de vida. Nunca na história a elite brasileira fez para o povo brasileiro o que nós fizemos e isso nunca vão nos tirar”, frisou.